Sharmantionary
Sharmantionary é onde você encontra tudo sobre a vida do ator britânico Daniel Andrew Sharman, desde projetos, sua vida, carreira, curiosidades e muito mais. Confira mais sobre o ator aqui!
Agenda
00.00Não há eventoss
Site Status
Nome: Daily News Sharman
Desde: Agosto de 2016
Webmiss: Angel Luiza
Visits:
Online: online
Entre em contato conosco: dailynewsharman@gmail.com
Parceiros

Daniel Sharman é o homem da semana da Revista GQ Espanha, e lhes concedeu uma entrevista enquanto estava de passagem por Madri, para promover ‘Fear The Walking Dead‘. Na entrevista, Daniel conta sua experiência com o Teatro e a TV, além de contar algumas curiosidades sobre sua vida e seus personagens. Confira:

Daniel Sharman (Londres, 1986) é um dos jovens atores em quem podemos encontrar aquele galã clássico que acreditamos estar perdido nos dias de hoje. Será por essa elegância britânica que parece intacta naqueles que se vangloriam disso, ou por essa combinação improvável entre seu solene sotaque, seu olhar quase infantil e seu sorriso torto? “Como é o novo Hugh Grant?” Eles propuseram no Twitter durante a visita de verão a Madri, e a verdade é que existe alguma coisa. Há carisma e charme, há trapaça e aventura. É provável que seu nome não soe, mas se você é um fã fiel da série, você caiu imediatamente: foi Isaac Lahey em ‘Teen Wolf’, Kaleb Westphall em ‘The Originals’, Lorenzo Médici em ‘The Medici’ e, finalmente, Troy Otto, o militar malicioso que dificulta a Madison e os companheiros na terceira temporada de ‘Fear The Walking Dead’.

“O que me fascinou sobre Troy quando me ofereceram o personagem, é que eu não conhecia nada sobre ele além do primeiro capítulo, onde eu estava indo, ou o que eu estava fazendo exatamente. O bom desta série é que eles lhe dão apenas o material de partida para mais tarde espalhar toda a sua história.” contou Daniel, sobre o spin-off de “The Walking Dead“. “Isso nos permitiu improvisar on-line, algo que é sempre emocionante para um ator, porque o que você traz naquele momento é o que o público vê”. Mas como um garoto com experiência no teatro acabou entrando para uma série regular de fantasia e terror? “Não importa quão exagerada a situação pareça, quão louco seja o universo que você está ou o super-herói em que você interpreta. De fato, quanto mais extremo, melhor, porque o personagem eventualmente revelará mais de si mesmo”.

Embora ele esteja trabalhando agora em uma carreira cada vez mais sólida nos Estados Unidos, que geralmente é a ambição de qualquer estrela jovem, Daniel Sharman ainda está mostrando um amor pelo teatro que nasceu na profissão. Com a idade de 9 anos, ele confessa, ele escalou as mesas pela primeira vez, graças à Royal Shakespeare Company, que o assinou entre centenas de pequenos intérpretes e reconhece que um dos seus sonhos é compartilhar o palco com Mark Rylance. Até então, quais serão os próximos passos de Sharman? “Estou fascinado por personagens difíceis de entender, em que nem tudo é branco ou preto, mas o intermediário cinza. É difícil para o público compreendê-los, mas eu amo ajudá-los a fazê-lo”, diz ele sobre os papéis, como o de Troy Otto, no qual ele gostaria de continuar a olhar para si mesmo: “Esse é o meu objetivo como ator, que meus personagens me ajudem a me descobrir”.

1. O que é essencial no seu guarda-roupa?
Você sempre tem que ter um bom par de sapatos.

2. Um assessório?
Um relógio.

3. Você segue alguma rotina?
Não, quando eu me levanto, apenas penteio meu cabelo e tentei não parecer muito cansado. Tenho o suficiente para me levantar (rindo).

4. Seu ícone feminino?
Você viu a série GLOW? Betty Gilpin. Ela é uma atriz maravilhosa.

5. Gadget sem o qual você não poderia viver?
Eu não sou de gostar muito de dispositivos, mas eu diria o iPod, para ouvir música.

6. Você usa redes sociais?
Não, não entendi e não me dou muito bem.

7. Um refúgio de fim de semana?
The Big Sur, em Los Angeles. Tem um litoral espectacular.

8. Suas melhores férias?
Estou prestes a ir para Uganda, Quênia e Tanzânia. África é sempre um lugar maravilhoso para visitar e as pessoas são ótimas.  *Daniel já foi à África no mês de Agosto com seu irmão, Hugh.*

9. Um filme?
Estou entre ‘Lawrence of Arabia’ (David Lean, 1962) e ‘Once Upon a Time in America’ (Sergio Leone, 1984).

10. O que você está lendo atualmente?
‘The Medici’ (Paul Strathern), sobre a família italiana. É fascinante.

11. O seu programa de TV favorito?
‘The Handmaid’s Tale‘.

12. Um bar de coquetéis?
Eu não saio muito, mas há um lugar em Los Angeles, Swingers, uma espécie de restaurante, que eu costumo ir de noite. Eu sento e escrevo, às vezes até a manhã seguinte.

13. Um restaurante?
Swingers, também diria.

14. O melhor capricho que você já tenha dado?
A arte é a única coisa com que gasto muito, e também adoro mapas.

15. Sua tática de sedução?
Seja tão brutalmente honesto quanto possível (rindo). Eu acho que as pessoas percebem quando você não está sendo honesto, e é a pior coisa que pode acontecer com você. Você precisa ser sincero e enfrentar as consequências.

16. O momento GQ da sua vida?
Quando cheguei ao palco, aos nove anos. Percebi o quão fascinante seria poder me dedicar a isso, e isso me marcou para sempre.

17. O que um homem GQ deve ter?
A capacidade de ouvir as pessoas, mesmo que você concorde com elas, ou não.

18. Um homem GQ?
Mark Rylance. Ele é um ator incrível, eu acho o melhor de sua geração.

 

Tradução e Adaptação: Daniel Sharman News

Fonte: Revista GQ 

Postado por Duda Abranches em 29.09.17
Gostou do post? Comente!